Tutorial: Instalando e configurando servidor de e-mail HmailServer no Windows Server

Olá pessoal,

Hoje vou dar um passo a passo de instalação e configuração do servidor de e-mail para Windows Server HmailServer open-souce, ou seja, de código aberto e grátis. O nível deste tutorial não é para iniciantes, peço que caso você não saiba o que é SMTP, IMAP, RELAY e afins, dê uma pesquisada em cada termo para que fique tudo claro e no final funcione corretamente.

Ao final deste tutorial, irei escrever a parte 2 para instalar um Webmail junto ao HmailServer para que possa ser acessado para envio e recebimento de e-mails, como o Roundcube e outros. Vamos deixar de papo e mãos a obra.

Estou utilizando para instalação, o Windows Server 2008 R2 64bits atualizado e sem nenhum outro serviço de e-mail instalado e o HmailServer 5.6.6 Build 2383 para fins didáticos deste tutorial.

Continuar Lendo >> Tutorial: Instalando e configurando servidor de e-mail HmailServer no Windows Server

Dicas: Veja como fugir das fraudes mais comuns na internet

Apoio: Criminosos atualizam velhos golpes aplicados na praça, agora com ajuda da plataforma digital. Delegado chama atenção aos comportamentos de risco.

Nada melhor do que atualizar os dados bancários no aconchego do lar, não é ? Basta uma ligação do banco e problema resolvido. É contando com essa expectativa que bandidos se passam por representantes de instituições bancárias para coletar dados pessoais de inúmeras vítimas e assim realizar diversos tipos de fraude. Em boa parte dos casos, a própria vítima fornece as informações, sem sequer imaginar que está colaborando com o criminoso.

Como fugir dos crimes mais comuns na internet
Como fugir dos crimes mais comuns na internet

“As pessoas precisam saber que nenhuma instituição financeira faz atualização ou complementação de dados por telefone ou por meio eletrônico”, afirma o coordenador do Grupo de Repressão aos Crimes por Meios Eletrônicos (GME), delegado João Cavadas. Ele lembra ainda a importância de evitar repassar dados pessoais por telefone para desconhecidos e ter cuidado com cópias de documentos.

De acordo com o delegado, com dados pessoais, como nome completo, RG, CPF e data de nascimento, é possível fazer contratação de serviços sem a necessidade de apresentação de documentos originais, o que facilita a ação dos bandidos. Por isso, ele orienta bastante cautela na divulgação dessas informações, principalmente nas redes sociais. “Quanto mais conhecimento uma pessoa má intencionada tem ao seu dispor, maior será a facilidade desta se passar pela vítima”, explica.

A promessa de dinheiro fácil também costuma atrair boa parte das vítimas, diz o especialista. Promoções mirabolantes e e-mails com destinatários desconhecidos também devem ser ignorados. Para Cavadas, as fraudes cometidas atualmente são as mesmas aplicadas há anos, mudando apenas a plataforma utilizada.

“São crimes aplicados, na maioria das vezes, aproveitando-se da cobiça das pessoas em ser beneficiadas com dinheiro, produtos, serviços ou, até mesmo, comodidade”, continua, citando o famoso ‘conto do paco’, como ficou conhecida a ação de bandidos que oferecem ‘recompensas’ em troca de uma ação simulada por eles, resultando no furto da vítima. Outro golpe comum hoje realizado com a ajuda de meios digitais é a venda de produtos a preços muito abaixo do mercado, quando, na verdade, eles nem existem.

FONTE: Assessoria de Comunicação da S.S.P. da Bahia.

Falsa promoção do Carrefour no WhatsApp infecta mais de 8 mil

Uma falsa promoção do Carrefour que está circulando pelo WhatsApp já infectou mais de oito milhões de brasileiros, segundo a empresa de segurança digital PSafe.

falsa-promocao-do-carrefour-no-whatsapp-infecta-mais-de-8-mi

A mensagem solicita a participação em uma pesquisa e oferece a chance do participante receber um vale-compra no valor de R$ 500. Mas, ao clicar no link, a vítima é direcionada para uma página maliciosa que vai viabilizar a invasão do celular.

Na falsa página do Carrefour, o usuário é convidado a responder quatro perguntas, tais como “Você é um cliente habitual?” ou “Você já resgatou cupons de desconto no Carrefour?”, além de ser induzido a compartilhar a “pesquisa” com dez amigos via WhatsApp, com a promessa de receber o voucher de R$ 500.

Na quarta e última etapa do golpe, a vítima é direcionada para o preenchimento de um cadastro. Ao divulgar as informações pessoais, o usuário corre grandes riscos de ter seus dados expostos, ser cadastrado em serviços de SMS pago, baixar um aplicativo malicioso e até ter prejuízos financeiros.

Em nota, o Carrefour informa que a página de promoções, brindes e vale-presentes, criada recentemente em nome da companhia, não pertence à empresa. “Nossas promoções são divulgadas exclusivamente por meio de inserções publicitárias ou por meio do site e dos canais oficiais nas redes sociais”, acrescentou  a empresa.

De acordo com a PSafe, esse tipo de golpe tem sido cada vez mais frequente por não requerer alto nível de conhecimento técnico por parte dos hackers e ter alta disseminação, já que muitas pessoas têm o hábito de divulgar promoções para seus conhecidos sem checar se são verídicas ou não.

Caso você tenha caído no golpe, é recomendado desinstalar o app malicioso, baixar um antivírus e fazer uma varredura no aparelho. É preciso ficar atento ainda ao cadastro em supostos programas pagos de SMS. Portanto, entre em contato com a operadora e solicite o cancelamento dos falsos serviços.

Como se prevenir

A PSafe recomenda que se desconfie sempre de promoções exageradas, principalmente quando anunciada fora dos canais oficiais da marca. Nunca disponibilize dados pessoais ou propague links antes de certificar-se que a oferta é real.

É recomendável ainda o uso de antivírus no celular, que funciona como uma barreira de segurança para garantir a privacidade dos seus arquivos e impedir que os hackers tenham acesso ao seu aparelho.

Fonte: Uol

A importância de usar HTTPS e manter seu site seguro

Veja dicas, informações e porquê usar o protocolo HTTPS em seu site

O design e conteúdos criativos, embora fundamentais, não são suficientes para garantir a optimização do seu website, uma vez que os portais que utilizam ligações seguras são beneficiados nos resultados de pesquisa dos motores de busca. Estes 3 elementos, em conjunto, asseguram que quem visita o seu site terá à partida uma boa experiência, devendo ser destacado pela Google, relativamente aos que não apresentam estas características.

Para dar resposta ao elemento segurança, poderá utilizar o protocolo de segurança mais comum na internet: https -Hyper Text Transfer Protocol Secure. O envio de dados mediante este protocolo tem em conta princípios fundamentais em redes informáticas, nomeadamente:

  • Confidencialidade na troca de informação entre cliente e servidor, ou seja, quando um utilizador está a consultar uma página web, todas as conversas, atividades ou informações trocadas serão encriptadas;
  • Integridade dos dados, pois estes não poderão ser manipulados durante as transferências sem que tal seja detectado.;
  • Autenticação do servidor (através do uso de certificados, tais como o X.509) que garante aos utilizadores do seu site estarem a interagir com os recursos pretendidos, contribuindo assim para uma relação de confiança. Também é possível autenticar os clientes, através da criação de certificados específicos para cada utilizador, que são instalados no seu browser.

 Qual a diferença entre um site seguro e não seguro?

Antes de prosseguir, convém perceber a diferença entre a forma segura e não-segura de aceder e enviar informação para websites, nomeadamente o HTTP e o HTTPS. O HTTP é o mais comummente utilizado para aceder à informação presente em websites, nomeadamente as imagens e o seu conteúdo. No entanto, quando o website permite a interação e envio de informação por parte do utilizador, como por exemplo um login e uma senha, essas informações são enviadas para o destinatário de forma desprotegida, correndo o risco de serem interceptadas e visualizadas sem o nosso conhecimento. O protocolo HTTPS (a letra “s” extra significa “seguro”),  acrescenta uma camada de segurança, pois nessa mesma situação os dados enviados serão encriptados, tornando-os imperceptíveis a quem os tentar visualizar.

usar-https

Porquê migrar para um ambiente seguro?

A Internet representa uma plataforma aberta e de livre uso, o que significa que não existe um verdadeiro policiamento sobre os conteúdos existentes, nem sobre a forma como estes são disponibilizados, apesar de todas as medidas tomadas pelos operadores de telecomunicações. Este factor reforça a importância de proteger as nossas informações contra fraude ou roubo de identidade. Sempre que alguém inserir informações pessoais num site, por exemplo os dados do cartão de crédito, é importante que o faça num ambiente seguro, evitando que informações confidenciais fiquem acessíveis a utilizadores mal-intencionados. Assim, a integração de mecanismos de segurança, como o HTTPS, é fundamental em sites que envolvem movimentos monetários (i.e., lojas online), e sites com zonas reservadas para diferentes utilizadores. É frequente pensar-se que websites que lidam com informação menos delicada, ou que não têm área de login, não estão tão propensos a ataques, contudo existem determinadas questões que devem ser consideradas… Se o website não tiver mecanismos de protecção é relativamente fácil para alguém mal-intencionado saber que tipo de informação procurámos, e qual o volume de atenção que demos a um determinado tema, pela quantidade de downloads realizados ou pelo tempo despendido numa página específica. Este tipo de “espionagem” pode ser preocupante quando procuramos informação relacionada com saúde, interesses privados escolas para os nossos filhos ou qualquer outro tipo de informação que desejemos manter privada.

 Como saber se um site é seguro?

A existência na barra de endereços de um ícone com o formato de cadeado (que pode estar localizado do lado esquerdo ou direito, dependendo do navegador utilizado) demonstra a certificação de página segura.  A existência desse certificado indica o uso do protocolo HTTPS e que a comunicação entre o nosso browser e o servidor onde a página está alojada, irá ser realizada de forma segura. Podemos verificar a identidade do servidor com um duplo clique no cadeado para exibição do certificado. Muito basicamente, um certificado emitido por uma entidade certificadora fidedigna, indica que o site em questão é autêntico (evitando assim que entremos num site que se está a fazer passar por outro, por exemplo).

A disponibilidade de informação num meio de extrema visibilidade e alcance como a Internet, potencia também atos ilegítimos por parte de terceiros que podem não só afetar o nosso próprio site, mas também os utilizadores do mesmo e outros sistemas. Na eventualidade de um ataque, a imagem da empresa ou do produto fica sempre em jogo.

Ao desenvolver um website preocupamo-nos com a questão de segurança e proteção de dados on-line; consideramos que a segurança em serviços web deve ser avaliada logo desde a sua concepção. Caso tenha alguma dúvida sobre estes aspectos, ou se quiser verificar e tornar o seu site seguro, não hesite em nos contactar através do nosso email ou enviar-nos uma mensagem através do site da WEBSIGN SISTEMAS.

Mensagem de erro no plugin WP Super Cache

Olá pessoal,

Hoje irei mostrar a vocês uma solução de um problema que tive com um site em WordPress de um cliente meu que passei algumas horas para resolver e identificar o que estava acontecendo. Bom.. por questões de segurança não irei demonstrar aqui qual cliente era, mas a versão do WordPress que estava usando era 4.5.2 e o Plugin em questão é o WP Super Cache versão 1.4.8.

O erro que estava aparecendo era mostrado no Painel do Administrador era o seguinte:

Erro no WP Super Cache
Erro no WP Super Cache

Conforme o erro mostra: Warning! WP Super Cache caching was broken but has been fixed! The script advanced-cache.php could not load wp-cache-phase1.php. Informa basicamente que o arquivo advanced-cache.php dentro da pasta raíz do plugin wp-super-cache não conseguiu abrir o outro arquivo de configuração chamado de wp-cache-phase1.php que é também um arquivo de configuração do WP Super Cache.

Para resolver este erro é bastante simples, basta abrir o arquivo WP-CONFIG.PHP dentro da pasta raíz do seu site WordPress com seu editor de textos favorito, para isso basta usar um acesso FTP e baixar o arquivo para seu computador para efetuar as alterações e identificar a seguinte linha de código:

erro no wp super cache
erro no wp super cache

Com essa linha de código, basta adicionar antes da palavra “define” duas barras invertidas “//” para comentar a linha em PHP e digitar a seguinte linha de código abaixo da anterior:

define( 'WPCACHEHOME', dirname(__FILE__) . '/wp-content/plugins/wp-super-cache/');

Basta dar um “Enter” e digitar a linha acima. Salve seu arquivo e faça upload na pasta raíz do seu site WordPress e caso peça para substituir o arquivo já existente, clique para substituir.

Geralmente, estes erros se dão em hospedagens Windows, pois as pastas raiz do IIS estão com permissões diferentes da permissão atual do seu blog em WordPress. Feito o procedimento acima basta dar um refresh em seu painel de Administrador e provavelmente a mensagem vai desaparecer e sugiro ir na página do plugin WP Super Cache e verificar se o Cacheamento está ativado, lembre-se qualquer dúvida postem nos comentários que tanta-rei solucionar.

Bom.. Por hoje é isso pessoal, até mais!

Saiba como fazer um backup de configuração do IIS7

Aprenda a fazer um backup de configuração do IIS7 rápido e fácil diretamente pelo CMD

Olá pessoal,

Hoje vou passar para vocês um método rápido e direto de como fazer um backup de configuração do IIS versão 7.x.x (Internet Information Services) isto se aplica a todas as versões do IIS desta para frente que geralmente é usada no Windows Server 2008 em diante.

Bom, no prescrito a configuração que eu descrevo aqui neste artigo se refere a arquivos web.config e os arquivos applicationHost.config que incluem informações de configuração para sites, aplicativos, diretórios virtuais e definição de pool de aplicativos, bem como as configurações de definição padrão para todos os sites do Servidor Web. Note que não trata-se do backup dos arquivos dos seus sites físicos, para isto vou escrever outro artigo e postarei em breve em nosso blog da Websign fiquem ligados!

Vamos aos passos:

  1. Faça logon no seu servidor web com um usuário com direitos administrativos.
  2. Abra o Prompt de Comando usando a opção Executar como Administrador como mostra a imagem abaixo
Como fazer backup de configuração IIS7
Como fazer backup de configuração IIS7

3. Após isso, com seu CMD aberto, mude para o diretório dos Serviços do IIS em: C:\Windows\System32\inetsrv Levando em consideração que o  seu diretório de instalação do Windows foi na pasta C:\Windows caso não seja mude para o diretório do Windows e prossiga.

Como fazer um backup de configuração do IIS7
Como fazer um backup de configuração do IIS7

4. No prompt de comando digite appcmd add backup <nomedobackup>. Caso você não digite o nome do backup o sistema irá nomeá-lo usando um formato de data e hora do servidor.

Como fazer um backup de configuração do IIS7
Como fazer um backup de configuração do IIS7

5. Como mostra a imagem acima, o backup da configuração foi criado com sucesso no sistema. Para saber onde ele está, basta ir na mesma pasta C:\Windows\System32\inetsrv pelo explorer mesmo e abrir a pasta com um cadeado com nome de Backup. Caso você não tenha dado um nome ao seu backup ele vai estar nomeado conforme mostra no prompt de comando em uma pasta.

Bom, por hoje é isso galera. Em breve estarei postando mais dica sobre servidores Windows e tutoriais.

Tirei informações do link: https://technet.microsoft.com/pt-br/library/dd819406.aspx

 

Cuidado! Promoções “mirabolantes” para acesso à Netflix são golpes para roubar seus dados

Existe uma expressão popular, mais comum entre os falantes da língua inglesa, mas que já foi utilizada por autoridades brasileiras (como o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad) que diz que “não existe almoço grátis”. E é verdade, apesar da pirataria. E a frase é muito mais verdadeira em relação à Netflix. Não existe acesso ao serviço de streaming grátis, alguém sempre vai ter que pagar. Mesmo assim, existem sites e tutoriais na internet que prometem acesso gratuito ao serviço de streaming ou descontos na mensalidade. É tudo golpe.

Netflix Grátis é Golpe
Netflix Grátis é Golpe

Informações da Kaspersky Lab dizem que cibercriminosos estão se aproveitando pela alta demanda pelos serviços da Netflix para aplicar golpes e roubar informações pessoais e financeiras. O malware chega ao usuário por meio de um email que oferece seis meses grátis na Netflix ou no canal a cabo Telecine. Ao clicar no link, o usuário chega a uma página falsa onde preenche os dados pessoais e do cartão de crédito para liberar a promoção. Mas não recebe nada, além de cobranças indevidas em seu cartão.

Com tanto conteúdo bacana no catálogo, é possível compreender que muita gente queira ofertas e acessos mais baratos para o serviço de streaming. A Netflix oferece apenas um mês de gratuidade no acesso ao sistema. E, para isto, o usuário deve fazer a inscrição pela primeira vez, e após 30 dias não terá mais direito àpromoção. O mesmo vale para diversos outros serviços de streaming, como Spotify, Apple Music ou Google Play Music (que oferece três meses).

Outro golpe aplicado pelos cibercriminosos oferece acesso à Netflix por valores mais baixos. Porém, tratam-se de credenciais roubadas de outros usuários, que pagam pelo serviço e não sabem que há outros se aproveitando de sua inscrição para também assistir ao catálogo. Os cibercriminosos embolsam o dinheiro pago pelos usuários enquanto os verdadeiros donos da conta correm o risco de perder o acesso.

Netflix

Para garantir a segurança de sua conta na Netflix, a Kaspersky recomenda sempre utilizar senhas fortes e únicas para cada serviço. “Uma senha forte deve contar letras, números e símbolos. Mais importante, não use essa senha em nenhum outro lugar”, diz a empresa. Outra recomendação é observar sempre se a página que está acessando possui o cadeado de segurança, que confirma se tratar de um website seguro. Também é possível cadastrar o número de telefone na conta da Netflix para recuperação em caso de necessidade. “De fato, esse é atualmente o único recurso de segurança oferecido pelo Netflix aos clientes e é altamente recomendável ativá-lo”, aponta a empresa de segurança.

Por fim, a Kaspersky alerta para que o usuários “não acredite em promoções mirabolantes”. A empresa avisa que cibercriminosos se aproveitam da vontade do brasileiro em ganhar vantagem. “A mensagem sempre trará um link para uma página falsa, que solicitará seu login e/ou número de cartão. Na dúvida é melhor não informar nada e excluir a mensagem”. Além do mais, a Kaspersky alerta que comprar logins roubados ou buscar geradores de logins para tentar usar o serviço gratuitamente pode custar suas informações pessoais e financeiras”, pois programas e sites deste tipo costumam ser falsos e roubam dados ou infectam o computador. “Não seja espertinho, o barato pode sair caro”, finaliza.

Fonte: Jornal Floripa.

Veja dicas de sobrevivência na crise econômica

Enquanto alguns têm medo do que está por vir, outros aproveitam o momento para crescer. Os números de desemprego e o crescimento da inflação não intimidam os corajosos que buscam novas experiências de gestão empresarial para contornar a crise econômica brasileira. Confira 5 dicas que podem ajudá-lo a manter seu empreendimento ativo.

Crise Econômica
Crise Econômica

Conheça o cliente

Saber o que o consumidor deseja permite o aperfeiçoamento de seu produto ou serviço de acordo com as demandas do mercado. Elevar o nível de satisfação do cliente é importante tanto para empresários quanto para novos empreendedores, principalmente em durante a crise econômica. Uma boa dica para gerenciar seu empreendimento é investir em um software financeiro que ajude a organizar o seu fluxo de caixa.

Reduza custos

Revise as contas e verifique onde é possível enxugar as despesas. Um fluxo de caixa bem planejado evita que você precise recorrer a empréstimos.

Invista em networking

O momento é delicado e muitos empresários estão no mesmo barco, por isso é interessante estabelecer novas relações profissionais e estar receptivo às oportunidades de parceria. Além disso, é uma maneira de você aproveitar a experiência de outros empreendedores para driblar a crise econômica.

Ofereça informações claras

Antes de ir até um estabelecimento ou acessar uma loja virtual, o cliente quer informações completas e objetivas, então seja claro sobre o serviço que você presta ou o produto que comercializa.

Aposte em uma equipe atualizada

Neste momento de crise os empresários devem saber se adaptar às demandas do mercado. Além de processos eficazes, é fundamental manter uma equipe com profissionais qualificados e prontos para pensar em novas ideias.

Dica bônus: escolha a Websign

A Websign faz gestão de vendas, controle de estoque e gera relatórios que ajudam a conhecer as preferências do consumidor. Os dados também apontam as características dos produtos mais vendidos. Além disso, os sistemas integrados da Websign integra diversas ferramentas que podem auxiliar na solução dos principais problemas de gestão em uma pequena empresa.

Conheça mais sobre os planos e preços do software financeiro que vai facilitar o crescimento do seu empreendimento mesmo em tempos de crise.

Veja 5 dicas essenciais para gestão de estoque

Gestão de estoque de forma inteligente!

Ter um estoque preciso é fundamental para o bom funcionamento de qualquer empresa, independente do ramo no qual ela está inserida. Esse é um setor vital, que quando mal administrado pode gerar sérios prejuízos e até a perda de clientes.

GESTÃO DE ESTOQUES
GESTÃO DE ESTOQUES

Para ajudar nessa árdua tarefa, existem algumas práticas facilitadoras. Temos alguns mecanismos de análise que podem contribuir para reorganizar os funcionários, realinhar estratégias e ter mais controle: os indicadores para gestão do estoque. Quer conhecer quais são os principais? Confira no post de hoje:

Cobertura do estoque

Esse é um dos principais indicadores para gestão do estoque, pois permite medir exatamente por quanto tempo os itens que você tem em inventário serão suficientes para atender a sua demanda sem que haja necessidade de reposição. A grosso modo, ele indica quantos dias, semanas ou meses de estoque temos verdadeiramente à mão.

Para calculá-lo basta cruzar os dados de estoque atual com a previsão de vendas, mas vale lembrar que essa métrica é sujeita às variações do mercado.

Utilização da capacidade de estocagem

Esse indicador serve para medir o nível de utilização da capacidade de estocagem que você possui, ou seja, o quanto você está utilizando da área disponível para armazenar seus produtos. Pelas práticas do mercado, o ideal seria um valor máximo entre 80 e 90% de ocupação.

O cálculo deve ser feito a partir da sua quantidade total de prateleiras ou posições subtraídas do número de prateleiras ou posições ocupadas e, então, convertendo para porcentagem.

Tempo da doca ao estoque

Esse indicador para gestão do estoque serve para medir o tempo transcorrido entre o início da descarga e a disponibilização do material para a separação dos pedidos. Isso permite ver se o setor está com boa fluidez, pois envolve desde a chegada dos produtos, passando pelo lançamento da movimentação no sistema, até a alocação física do material no estoque. A frequência de medição pode ser diária e as melhores marcas do mercado giram em torno de duas horas.

Vendas perdidas por falta de estoque

Como já dissemos, um estoque desorganizado pode acarretar um custo elevado e perda de clientes. Os prejuízos não são só pelo valor da venda perdida em si, mas no prejuízo à imagem da empresa, na insatisfação dos clientes que podem buscar a concorrência e muito mais. Esse indicador ajuda na prevenção desse cenário e foi criado para medir o número de vendas perdidas por falta de estoque. Deve ser lançado pela equipe de vendas e adaptado para cada caso.

Percentual de estoque indisponível para venda

Se você trabalha com materiais frágeis ou perecíveis, o risco de perder produtos se o estoque for mal acomodado e armazenado será grande. Uma equipe mal treinada ou desleixada certamente trará avarias aos produtos e acarretará prejuízos para seu empreendimento.

Essa métrica ajuda medindo o percentual de itens indisponíveis para vendas. Pode ser orçado como o custo do acervo que se tornou indisponível sobre o custo acervo total que você possui.

Esses são alguns dos principais indicadores para gestão do estoque. Eles podem contribuir para que você não tenha prejuízos desnecessários e fazer com que sua empresa funcione com muito mais exatidão.

Nós da Websign temos uma solução simples, com preço baixo e rápida para você que não tem tanto controle com estoque. Quer saber mais? Entre em contato conosco e solicite um orçamento!

Sistema para condomínio: Qual a utilidade de um portal para o sindico?

Com o crescimento mundial, a tendência é que a internet cresça cada vez mais e de uma maneira ou de outra tudo use internet. Ainda chegaremos um dia que controlaremos nossa casa ou apartamento pelo Smartphone, já pensou? Nessa linha de pensamento que a Websign vêm criando seus sistemas online para condomínios. Ou seja, um sistema para controle dos moradores para o sindico visando ter facilidade no seu uso e Integração com seus moradores de cada prédio facilitando suas tarefas.

A Websign vê o sindico atual usando ainda muitos papéis para controle de todos os moradores, para controlar demandas de serviços nos apartamentos, já pensou quanta trabalheira para ter controle de 200 moradores? Pois é, pensando nesse fato a Websign cria sistemas de gestão de condomínio abolindo toda papelada que existe.

Sistema para condominio
Sistema para condomínio

Apenas um computador conectado à internet e assim facilitará todo o serviço, nosso sistema o sindico tem a facilidade de cadastrar todos os moradores do condomínio com variadas informações, anexar cópias de contratos de locação, anexar cópias de documentos, criar cadastro de fornecedores, gerar boletos para pagamentos, criar notificações de manutenções no ambiente, agenda de lembretes e acesso aos condôminos fazendo que cada morador verifique as cotas de pagamento e até fazer pagamento online!

Os condôminos também terão uma maneira mais fácil de contatar o síndico caso precise de algo, como uma reserva de alguma área/item do condomínio, deixando de lado aquele acanhamento entre moradores e síndicos e facilitando a comunicação entre eles e preservando o bom convívio no prédio e nos condomínios em geral.

Viu como é de extrema importância um sistema de gestão de condomínio online?

A Websign analisando a forma de investimento, viu que não é necessário grande investimento, visto que nossos sistemas ficam hospedados em servidores de baixo impacto ambiental evitando grandes custos mensais.

Solicite já o orçamento para seu condomínio ligando (84) 9.9813-3439 ou enviando um e-mail para nossa equipe clicando aqui!