Falsa promoção do Carrefour no WhatsApp infecta mais de 8 mil

Uma falsa promoção do Carrefour que está circulando pelo WhatsApp já infectou mais de oito milhões de brasileiros, segundo a empresa de segurança digital PSafe.

falsa-promocao-do-carrefour-no-whatsapp-infecta-mais-de-8-mi

A mensagem solicita a participação em uma pesquisa e oferece a chance do participante receber um vale-compra no valor de R$ 500. Mas, ao clicar no link, a vítima é direcionada para uma página maliciosa que vai viabilizar a invasão do celular.

Na falsa página do Carrefour, o usuário é convidado a responder quatro perguntas, tais como “Você é um cliente habitual?” ou “Você já resgatou cupons de desconto no Carrefour?”, além de ser induzido a compartilhar a “pesquisa” com dez amigos via WhatsApp, com a promessa de receber o voucher de R$ 500.

Na quarta e última etapa do golpe, a vítima é direcionada para o preenchimento de um cadastro. Ao divulgar as informações pessoais, o usuário corre grandes riscos de ter seus dados expostos, ser cadastrado em serviços de SMS pago, baixar um aplicativo malicioso e até ter prejuízos financeiros.

Em nota, o Carrefour informa que a página de promoções, brindes e vale-presentes, criada recentemente em nome da companhia, não pertence à empresa. “Nossas promoções são divulgadas exclusivamente por meio de inserções publicitárias ou por meio do site e dos canais oficiais nas redes sociais”, acrescentou  a empresa.

De acordo com a PSafe, esse tipo de golpe tem sido cada vez mais frequente por não requerer alto nível de conhecimento técnico por parte dos hackers e ter alta disseminação, já que muitas pessoas têm o hábito de divulgar promoções para seus conhecidos sem checar se são verídicas ou não.

Caso você tenha caído no golpe, é recomendado desinstalar o app malicioso, baixar um antivírus e fazer uma varredura no aparelho. É preciso ficar atento ainda ao cadastro em supostos programas pagos de SMS. Portanto, entre em contato com a operadora e solicite o cancelamento dos falsos serviços.

Como se prevenir

A PSafe recomenda que se desconfie sempre de promoções exageradas, principalmente quando anunciada fora dos canais oficiais da marca. Nunca disponibilize dados pessoais ou propague links antes de certificar-se que a oferta é real.

É recomendável ainda o uso de antivírus no celular, que funciona como uma barreira de segurança para garantir a privacidade dos seus arquivos e impedir que os hackers tenham acesso ao seu aparelho.

Fonte: Uol

Em Santo Ângelo(RS), aplicativo permitirá maior integração entre população e a prefeitura

Os moradores do município de Santo Ângelo terão uma nova ferramenta de contato e solicitação de serviços públicos gerenciados pela prefeitura municipal, o Aplicativo Cidadão Mobile, que está em fase de testes e em breve estará disponível para que a população possa solicitar serviços como a manutenção de logradouros públicos, serviços de iluminação pública como a trocas de lâmpadas e além disso, o contribuinte contará com a central da dengue. O aplicativo de celular também permite que o contribuinte faça denúncias sobre a fiscalização de obras, veículos estacionados em locais proibidos e a fiscalização tributária. O software pode ser baixado na maioria dos celulares e tablets que possuem o sistema Androide e está disponível através da Play Store.

Aplicativo Prefeitura Santo Angêlo
Aplicativo Prefeitura Santo Angêlo

Como acessar – Para fazer o download do aplicativo o cidadão deve acessar o site da prefeitura municipal de Santo Ângelo: http://www.santoangelo.rs.gov.br, clicar na aba “Cidadão Mobile” e fazer o download direto para o celular. Na aba também constam informações sobre o uso e as funcionalidades do aplicativo.

Outra opção de download é diretamente na Play Store, basta o munícipe abrir a Play Store diretamente no celular, procurar por “Cidadão Mobile” e em seguida fazer o download. Depois de instalado no celular, basta um cadastro rápido, escolher a cidade e já estará pronto para uso. Além de Santo Ângelo, algumas cidades da região como São Luiz Gonzaga, Giruá e Horizontina já contavam com o aplicativo.

Via O Mensageiro.

Prefeitura de Jaboatão(PE) disponibiliza internet Wi-Fi gratuita em diversos locais do município

Desta sexta-feira (23), sempre que alguém estiver na Praça do Rosário e no Mercado de Jaboatão Centro, no Mercado de Cavaleiro, no Viaduto Geraldo Melo e no Mercado das Mangueiras, em Prazeres, na Igrejinha de Piedade, e no Mercado do Peixe, em Candeias, e quiser acessar a internet de maneira rápida, eficaz e gratuita será possível. Isto porque esses sete lugares são os primeiros pontos oficiais de acesso Wi-Fi gratuito do município. O prefeito Elias Gomes foi à Praça do Rosário para testar o novo serviço e entregar a novidade à população.

Internet grátis
Internet grátis

O Governo Municipal está investindo cerca de R$ 52 mil mensais nesta primeira etapa do projeto Jaboatão Digital, uma iniciativa que vista dotar órgãos e entidades de conexões e redes de alta velocidade, para que mais serviços informatizados possam ser oferecidos, e a disponibilização de Wi-Fi gratuita para população.

A Prefeitura prevê que, nos próximos meses, outros 15 locais também recebam todo equipamento necessário para implantação da conexão. Entre os lugares, o prefeito Elias Gomes citou Cajueiro Seco, Novo Horizonte e Areeiro. “Será possível viajar para qualquer lugar do mundo estando em diversos bairros do meu Jaboatão”, enfatizou o gestor.

Os cidadãos poderão ter acesso aos diversos serviços oferecidos pela Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes no meio digital, como o Portal de Reclamação Online – PROCON, Portal de Concursos e Seleções, Portal da Cultura, Portal da Transparência, Central de Atendimento ao Cidadão – CAC, Cadastro de Habitação do Programa Minha Casa Minha Vida, e a própria Agência Pública de Notícias Acontece.

O acesso é simples e não necessita de nenhum cadastro, senha ou login, basta conectar o Smartphone ou notebook à rede Jaboatão Digital. Para segurança dos usuários, um filtro é realizado pela rede, impedindo o acesso a sites de conteúdos restritos.

Via Prefeitura de Jaboatão.

Prefeitura de Natal adota sistema de gestão de correspondência eletrônica entre secretarias

Na busca por economia e mais agilidade na comunicação entre as suas secretarias, a Prefeitura de Natal passa a adotar um sistema de gestão de documentos eletrônicos, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Planejamento (Sempla). O sistema já foi testado como projeto piloto durante um mês pela Secretaria de Tributação e pela Procuradoria Geral, apresentando resultados satisfatórios.

Prefeitura de Natal
Prefeitura de Natal

Os bons resultados levaram à publicação do Decreto-Lei 11.093, no último dia 8, pelo prefeito Carlos Eduardo, determinando “a utilização do Módulo de Documentos previsto no Sistema de Controle de Informações – PMN como principal ferramenta de comunicação oficial entre os de órgãos da estrutura municipal”. Pelo Decreto, os órgãos municipais têm 30 dias para se adequarem ao novo sistema de troca de correspondência.

“Esse sistema vem trazer mais agilidade e facilitar a comunicação entre as secretarias, além de promover uma grande economia em insumos, como papel e tinta de impressora”, argumenta a chefe da Coordenadoria de Tecnologia de Informação da Sempla, Carolina Barbosa. Segundo ela, a adoção do sistema de correspondência eletrônica partiu de uma orientação do Conselho Municipal de Desenvolvimento, considerando ” os princípios da celeridade, economicidade e da eficiência administrativa”.

Considerando os avanços tecnológicos, que possibilitam melhorias na gestão das correspondências oficiais, Carolina Barbosa diz que uma luta a ser travada é a do uso do papel, “uma cultura que precisa ser vencida”. Ela ressalta que nos 30 dias do projeto piloto mais de 500 documentos transitaram pelo sistema, sem papel e com tempo médio de três dias, quando antes era de cinco. Os resultados foram apresentados em reunião com todos os coordenadores de TI dos órgãos municipais.

Segundo o Decreto municipal, o sistema de correspondência eletrônica deve ser utilizado na modalidade “Ofício” para as comunicações externas e na modalidade “Memorando” para as comunicações internas. Cada órgão deve gerenciar o cadastramento de seus usuários e a implantação do sistema, cabendo a SEMPLA a gestão e manutenção do sistema. Ficam fora da nova modalidade de correspondência, “ as comunicações despachadas em processos administrativos”. O Decreto prevê, ainda, que a comunicação ” deve atender às formalidades hierárquicas, não sendo permitidas as comunicações diretas entre departamentos ou setores de um órgão com outro órgão ou seus departamentos e setores”.

Via Agora RN.

Aluno do IMD recebe medalha em Olimpíada de Informática

O aluno do Talento Metrópole e do Bacharelado em Tecnologia da Informação (BTI) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Victor Agnez, foi classificado em primeiro lugar geral na Olimpíada Iberoamericana de Informática, cuja medalha de ouro foi entregue durante a cerimônia da Olimpíada Internacional de Informática, ocorrida em Kazan, na Russia, no mês de agosto. A medalha foi entregue à delegação brasileira presente ao evento.

Instituto Metrópole Digital
Instituto Metrópole Digital

Victor já tinha sido medalha de prata na Olimpíada Brasileira de Informática, realizada em 2015, tendo sido selecionado para participar da Olimpíada Internacional, e habilitado para participar da Olimpíada Iberoamericana, ocorrida em 22 de julho de 2016. Sem condições de participar do evento, ele competiu com mais cem estudantes, classificando-se em primeiro lugar e levando uma das quatro medalhas de ouro.

Essas participações e prêmios são muito importantes, ressalta Victor, porque estimulam o estudo e ajudam a desenvolver o raciocínio lógico. “E também contam muito a favor na empregabilidade do profissional”, acredita. A próxima meta é estudar para a Maratona de Programação e, quem sabe, se classificar para a fase mundial, que acontece em 2017. Para conseguir esta nova conquista Victor está trabalhando juntamente com os estudantes Hélio Duarte (BTI/IMD) e Railton Thales ( Engenharia da Computação/UFRN).

Veja a lista completa dos participantes da Olimpíada Iberoamericana de Informática no link.

Biometria nos serviços federais começa pela Saúde

O Ministério da Saúde será o primeiro órgão da administração pública federal a utilizar os serviços de biometria proposto pelo governo federal para todos os programas sociais. Com isso, os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) poderão ser identificados pela digital. A política, construída a partir de uma parceria com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), irá proporcionar maior segurança no registro e acesso de informações dos cidadãos, além de contribuir para evitar fraudes.

Biometria
Biometria

O projeto piloto para o novo modelo de identificação deve começar em serviços ofertados pela atenção básica já a partir do próximo ano. O acordo foi fechado, nesta terça-feira (16), em reunião entre o ministro da Saúde, Ricardo Barros, e o secretário de Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Marcelo Pagotti.

Para o ministro da Saúde, Ricardo Barros, este será um importante passo para o aperfeiçoamento dos sistemas em saúde. “Estamos fazendo um esforço enorme para acelerar a informatização no SUS, que é uma prioridade na minha gestão. Estamos conseguindo a adesão de muitos parceiros e não tenho dúvidas de que irá melhorar os serviços de saúde”, avaliou.

Ainda segundo o ministro, a biometria irá permitir a disponibilização segura do prontuário eletrônico do paciente, já iniciado a partir do Cartão SUS – identidade do cidadão no acesso aos serviços de saúde público e privados.

O secretário de Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Marcelo Pagotti, parabenizou o pioneirismo. “O Ministério da Saúde saiu na frente na implementação da biometria para simplificar o atendimento aos brasileiros. Os dados do TSE serão utilizados para garantir a plena identificação dos cidadãos e a segurança de seus dados. A Secretaria de Tecnologia da Informação dará total apoio na implementação deste projeto, que revolucionará os serviços públicos”, disse.

O uso da biometria para identificar cidadãos nos bancos de dados ou em serviços públicos faz parte de uma política de governo para aperfeiçoar os programas sociais a partir de uma parceria com o TSE para utilização da base biométrica.

Via Convergência Digital.

UFRN realiza etapa local da Competição Intel de Sistemas Embarcados

No próximo dia 26 de agosto, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) realiza a etapa local da Competição Intel de Sistemas Embarcados, evento anualmente promovido pela Intel em parceria com o Simpósio Brasileiro de Engenharia de Sistemas Computacionais (SBESC).

Sistemas Embarcados
Sistemas Embarcados

A competição é direcionada a estudantes de graduação e pós-graduação e, de acordo com a coordenação, tem como objetivo promover o desenvolvimento de sistemas inteligentes e inovadores, contribuindo para a evolução desse segmento da Computação no Brasil.

A UFRN foi escolhida, juntamente com as universidades federais de Pernambuco (UFPE) e  de Ouro Preto (Ufop), para realizar as competições locais do evento, que tem sua edição nacional no mês de novembro em João Pessoa.

Na etapa local da UFRN, concorrem as equipes da universidade que submeteram projetos para a competição, na qual vão demonstrar os seus protótipos. Quatro projetos serão selecionados para disputar a final nacional da competição.

O evento acontece a partir das 8h30, no auditório do Instituto Metrópole Digital (IMD), localizado no Campus Central da UFRN. Os interessados em participar devem realizar inscrição via Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa), onde está disponível a programação completa.

Representantes de 20 localidades já estão inscritos para o II Fórum de Cidades Digitais dos Campos Gerais

Em tempos de recessão econômica e momento pré-eleitoral, no qual novos projetos serão propostos nos municípios, evento torna-se estratégico por estimular o uso das Tecnologias da Informação e Comunicação no desenvolvimento das localidades

No próximo dia 07 de Julho, gestores da região reúnem-se no Cine Teatro Ópera, em Ponta Grossa, com olhar nas cidades inteligentes para a solução de diversos problemas urbanos. O foco do II Fórum de Cidades Digitais dos Campos Gerais, organizado pela Rede Cidade Digital (RCD) em parceria com a Prefeitura de Ponta Grossa e Associação de Municípios dos Campos Gerais (AMCG), são as Tecnologias da Informação e Comunicação para aprimorar os serviços públicos e desenvolver as localidades.

Tecnologia da Informação e Comunicação
Tecnologia da Informação e Comunicação

Representantes de 20 localidades já estão inscritos no evento que abordará temas como comunicação e relacionamento dos cidadãos, aumento de arrecadação, digitalização de documentos, planejamento e execução de projetos que estão proporcionando para alguns municípios dos Campos Gerais otimizar a gestão, reduzir custos e, principalmente, facilitar a vida da população com o uso da internet. “Será a oportunidade para que prefeitos, gestores e vereadores compartilhem experiências e conheçam ideias para aplicar em seus municípios. As cidades que estiverem preparadas para o momento de crescimento econômico do país sairão na frente no processo de desenvolvimento, já que se tornarão mais atrativas por esse ambiente de inovação e conectividade”, afirmou o diretor da Rede Cidade Digital (RCD), José Marinho, informando que a programação completa estará disponível no início da próxima semana.

Em 2015, a primeira edição realizada também em Ponta Grossa contou com a apresentação de algumas cidades digitais da região como Telêmaco Borba, Piraí do Sul e Engenheiro Beltrão. Segundo o diretor da RCD, os fóruns e congressos promovidos têm estimulado o surgimento de iniciativas pelo país. “Carambeí, por exemplo, vai mostrar como tem investido em tecnologia para melhorar os serviços e o atendimento ao cidadão”, adianta Marinho.

O II Fórum de Cidades Digitais dos Campos Gerais tem o patrocínio prata do SAJ Procuradorias e apoio da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação, Software e Internet no Paraná (ASSESPRO-Pr). As inscrições são gratuitas para servidores públicos e devem ser feitas pelo http://forum.redecidadedigital.com.br/pontagrossa.

Serviço:

II Fórum de Cidades Digitais dos Campos Gerais
7 de Julho
Ponta Grossa
Cine Teatro Ópera
Início: 8 horas
Inscrições gratuitas para servidores públicos
http://forum.redecidadedigital.com.br/pontagrossa/

Cuidado com o vírus que circula no Facebook em forma de vídeo falso

Um relatório do instituto de segurança Kaspersky Lab afirma que uma massiva campanha maliciosa tem atingido os usuários brasileiros do Facebook nos últimos dias. São posts com chamadas para vídeos ou notícias que podem instalar um vírus no seu perfil ou no seu computador a longo prazo.

Segundo a Kaspersky, o post em questão exibe o domínio “motoresporte.com”. Normalmente há uma chamada sensacionalista – como um suposto vídeo de conteúdo violento ou sexual – e, muitas vezes, até envolvendo o nome de pessoas famosas. Tudo para atrair as vítimas e conseguir cliques instantâneos.

Vírus de Facebook
Vírus de Facebook

Ao clicar no post, o usuário recebe a mensagem de que um aplicativo quer ter acesso ao seu perfil do Facebook e fazer postagens em seu nome. É neste ponto em que muitos desavisados acabam aceitando a condição para poder ver o tal vídeo e, assim, acabam entregando dados pessoais e o controle da sua conta para cibercriminosos.

De acordo com a pesquisa da Kaspersky, o aplicativo usa mais de 90 domínios que não contém qualquer conteúdo quando acessado. É possível, em alguns casos, encontrar um vídeo supostamente “chocante”, mas que também exige que o usuário dê ao site acesso à sua conta no Facebook. O aplicativo é acionado tanto na versão móvel quanto na versão desktop da rede social.

No fim das contas, o tal vídeo escandaloso não existe e o seu perfil está nas mãos de criminosos. Assim, a sua conta pode ser usada para compartilhar mais links como esse na linha do tempo dos seus amigos ou no feed de notícias geral. É possível que, em alguns casos, mais do que o seu Facebook seja hackeado no processo, deixando aberta uma porta de entrada para o seu celular ou PC.

Fabio Assolini, analista sênior de segurança da Kaspersky no Brasil, explica que o Facebook acaba também sendo enganado por esse golpe, que atua dentro das próprias regras da rede social, pedindo a autorização do usuário e sem usar qualquer código suspeito. “Todo o processo acontece dentro da rede social, com a instalação da aplicação maliciosa diretamente no perfil da vítima”, diz.

Se você acabou caindo no golpe – ou conhece alguém que foi vítima – há como remover o aplicativo do seu Facebook. Vá até as configurações da sua conta na versão para PC da rede social e clique na guia “Aplicativos”. Remova todos os apps desconhecidos instalados no seu perfil – os dessa campanha, especificamente, se apresentam como aeroplay.top, aguiavideos.top ou asiavideos.top, entre outros do gênero.

Fonte: Olhar Digital da Uol.

Apple avalia baixar o preço dos iPhones

Não são só os brasileiros que reclamam. O iPhone é um dos smartphones mais caros do mundo e o presidente-executivo da Apple, Tim Cook, reconhece isso. Durante entrevista para uma emissora indiana, o executivo admitiu que o preço elevado do smartphone poderia estar influenciando na queda das vendas.

iPhone
iPhone

Enquanto nos Estados Unidos o dispositivo custa em torno de US$ 600, em outros países as taxas cambiais fazem o aparelho quase dobrar de valor. Um levantamento feito pelo banco alemão Deutsche Bank mostra o iPhone 6 mais caro do mundo está no Brasil, custando US$ 931.

As vendas do aparelho caíram 16% no último trimestre, o que fez a Apple perder mercado para dispositivos Android em quase toda o mundo. A tendência, segundo os analistas, é que as vendas do iPhone caiam ainda mais ao longo do ano.

A nova realidade de mercado pode fazer a Apple repensar sua filosofia para buscar mais competitividade – e isso significa a possibilidade de preços menores. Cook admite que o iPhone é caro na Índia (US$ 784) e afirmou que a empresa iria considerar a redução do preço. “Eu reconheço que os preços são elevados. Queremos fazer os preços menores ao longo do tempo na medida do possível”.

Essa mudança no discurso se dá por um fator simples: o mercado de smartphones está parando de crescer, como um todo, e os países que ainda apresentam mercado em potencial são a China e a Índia, sendo que o país chinês dificulta a entrada de empresas norte-americanas para tentar desenvolver o mercado interno de tecnologia.

Na Índia, por outro lado, metade da população, composta por mais de 1 bilhão de pessoas, nunca ouviu falar na Apple. Além disso, muitos serviços da empresa, como o iBooks, não funciona na região, o que torna o iPhone um produto desnecessário.

“Eu quero o consumidor da Índia seja capaz de comprar a um preço que se pareça com o preço dos Estados Unidos. Esse é o meu objetivo. E eu quero que o usuário tenha a experiência de ter todos os serviços”, afirmou Cook.

Via Business Insider