Governo quer prontuário eletrônico nos postos de saúde em até 60 dias

Atualmente, dos 41.688 postos de saúde em funcionamento, apenas 24% utilizam prontuários eletrônicos

Postos de saúde de todo o país terão 60 dias para implementar o prontuário eletrônico, sistema que deve trazer dados como o histórico dos atendimentos feitos aos pacientes e resultados de exames, entre outras informações.

O prazo foi anunciado nesta quinta­-feira (6) pelo Ministério da Saúde. Segundo a pasta, as unidades que não se adaptarem ao novo modelo até o início de dezembro poderão ter recursos federais voltados à atenção básica cortados. Hoje, esses recursos, que custeiam programas como o Saúde da Família, por exemplo, correspondem a R$ 10 bilhões ao ano.

Prontuário Eletrônico
Prontuário Eletrônico

Apesar do projeto, dados do próprio ministério mostram que a implementação do prontuário pode ser alvo de impasses. De 41.688 postos de saúde em funcionamento no país, só 10.134 já utilizam prontuários eletrônicos –o equivalente a apenas 24%. O restante, ou 76%, ainda registram atendimentos e histórico dos pacientes em papel.

Desde 2014, a pasta também repassa recursos para ampliar o acesso à internet nas unidades de saúde. Ao todo, 8.000 já receberam verbas para ampliar as conexões –destas, no entanto, só 4.800 enviam dados por sistema eletrônico. O ministério não informou o total de unidades ainda sem acesso à internet.

Questionado, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, afirma que não deve haver problemas para a implementação. Segundo ele, dados do Ministério das Comunicações apontam que todos os municípios têm ao menos um ponto de internet banda larga.

Caso uma unidade não puder realizar a implementação, afirma, deve enviar uma justificativa para que o caso seja analisado e para que o governo possa tomar medidas até o cumprimento do prazo.

“Alguns municípios reportarão dificuldades. Vamos apoiá­los para que recebam a conectividade e veremos como proceder as informações para os municípios mais distantes, mais remotos”, disse. “Quem não puder estar no sistema vai ter que justificar, senão para de receber o PAB [recursos do piso da atenção básica]”, afirma ele, para quem os dados devem ser utilizados para verificar a aplicação dos recursos na rede e para ter maior controle dos atendimentos. “Vai dar para saber o lugar na fila? Deus ajude que sim. Não estou propondo isso, mas espero que o sistema nos ajude a ver isso”, afirmou.

Biometria – Para implementar o sistema, o ministério afirma que irá oferecer uma nova plataforma gratuita de envio de dados a todos os municípios. Cidades, no entanto, também podem optar por usar um sistema próprio, informa.

A plataforma, chamada de e­SUS AB, deve trazer espaço para que sejam gravados dados de consultas realizadas e diagnósticos, procedimentos realizados, resultados de exames e disponibilidade de medicamentos na rede.

O ministério também afirma que vai implementar, até 2017, serviços de biometria nas unidades de saúde, por meio de uma parceria com o Tribunal Superior Eleitoral. O objetivo é evitar fraudes. Segundo Barros, a pasta também estuda ampliar os serviços de telemedicina, em que médicos dos postos de saúde podem recorrer a especialistas de várias áreas para analisar os casos em conjunto.

Via Folha de São Paulo.

Falsa promoção do Carrefour no WhatsApp infecta mais de 8 mil

Uma falsa promoção do Carrefour que está circulando pelo WhatsApp já infectou mais de oito milhões de brasileiros, segundo a empresa de segurança digital PSafe.

falsa-promocao-do-carrefour-no-whatsapp-infecta-mais-de-8-mi

A mensagem solicita a participação em uma pesquisa e oferece a chance do participante receber um vale-compra no valor de R$ 500. Mas, ao clicar no link, a vítima é direcionada para uma página maliciosa que vai viabilizar a invasão do celular.

Na falsa página do Carrefour, o usuário é convidado a responder quatro perguntas, tais como “Você é um cliente habitual?” ou “Você já resgatou cupons de desconto no Carrefour?”, além de ser induzido a compartilhar a “pesquisa” com dez amigos via WhatsApp, com a promessa de receber o voucher de R$ 500.

Na quarta e última etapa do golpe, a vítima é direcionada para o preenchimento de um cadastro. Ao divulgar as informações pessoais, o usuário corre grandes riscos de ter seus dados expostos, ser cadastrado em serviços de SMS pago, baixar um aplicativo malicioso e até ter prejuízos financeiros.

Em nota, o Carrefour informa que a página de promoções, brindes e vale-presentes, criada recentemente em nome da companhia, não pertence à empresa. “Nossas promoções são divulgadas exclusivamente por meio de inserções publicitárias ou por meio do site e dos canais oficiais nas redes sociais”, acrescentou  a empresa.

De acordo com a PSafe, esse tipo de golpe tem sido cada vez mais frequente por não requerer alto nível de conhecimento técnico por parte dos hackers e ter alta disseminação, já que muitas pessoas têm o hábito de divulgar promoções para seus conhecidos sem checar se são verídicas ou não.

Caso você tenha caído no golpe, é recomendado desinstalar o app malicioso, baixar um antivírus e fazer uma varredura no aparelho. É preciso ficar atento ainda ao cadastro em supostos programas pagos de SMS. Portanto, entre em contato com a operadora e solicite o cancelamento dos falsos serviços.

Como se prevenir

A PSafe recomenda que se desconfie sempre de promoções exageradas, principalmente quando anunciada fora dos canais oficiais da marca. Nunca disponibilize dados pessoais ou propague links antes de certificar-se que a oferta é real.

É recomendável ainda o uso de antivírus no celular, que funciona como uma barreira de segurança para garantir a privacidade dos seus arquivos e impedir que os hackers tenham acesso ao seu aparelho.

Fonte: Uol

Prefeitura de Jaboatão(PE) disponibiliza internet Wi-Fi gratuita em diversos locais do município

Desta sexta-feira (23), sempre que alguém estiver na Praça do Rosário e no Mercado de Jaboatão Centro, no Mercado de Cavaleiro, no Viaduto Geraldo Melo e no Mercado das Mangueiras, em Prazeres, na Igrejinha de Piedade, e no Mercado do Peixe, em Candeias, e quiser acessar a internet de maneira rápida, eficaz e gratuita será possível. Isto porque esses sete lugares são os primeiros pontos oficiais de acesso Wi-Fi gratuito do município. O prefeito Elias Gomes foi à Praça do Rosário para testar o novo serviço e entregar a novidade à população.

Internet grátis
Internet grátis

O Governo Municipal está investindo cerca de R$ 52 mil mensais nesta primeira etapa do projeto Jaboatão Digital, uma iniciativa que vista dotar órgãos e entidades de conexões e redes de alta velocidade, para que mais serviços informatizados possam ser oferecidos, e a disponibilização de Wi-Fi gratuita para população.

A Prefeitura prevê que, nos próximos meses, outros 15 locais também recebam todo equipamento necessário para implantação da conexão. Entre os lugares, o prefeito Elias Gomes citou Cajueiro Seco, Novo Horizonte e Areeiro. “Será possível viajar para qualquer lugar do mundo estando em diversos bairros do meu Jaboatão”, enfatizou o gestor.

Os cidadãos poderão ter acesso aos diversos serviços oferecidos pela Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes no meio digital, como o Portal de Reclamação Online – PROCON, Portal de Concursos e Seleções, Portal da Cultura, Portal da Transparência, Central de Atendimento ao Cidadão – CAC, Cadastro de Habitação do Programa Minha Casa Minha Vida, e a própria Agência Pública de Notícias Acontece.

O acesso é simples e não necessita de nenhum cadastro, senha ou login, basta conectar o Smartphone ou notebook à rede Jaboatão Digital. Para segurança dos usuários, um filtro é realizado pela rede, impedindo o acesso a sites de conteúdos restritos.

Via Prefeitura de Jaboatão.

Prefeitura de Natal adota sistema de gestão de correspondência eletrônica entre secretarias

Na busca por economia e mais agilidade na comunicação entre as suas secretarias, a Prefeitura de Natal passa a adotar um sistema de gestão de documentos eletrônicos, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Planejamento (Sempla). O sistema já foi testado como projeto piloto durante um mês pela Secretaria de Tributação e pela Procuradoria Geral, apresentando resultados satisfatórios.

Prefeitura de Natal
Prefeitura de Natal

Os bons resultados levaram à publicação do Decreto-Lei 11.093, no último dia 8, pelo prefeito Carlos Eduardo, determinando “a utilização do Módulo de Documentos previsto no Sistema de Controle de Informações – PMN como principal ferramenta de comunicação oficial entre os de órgãos da estrutura municipal”. Pelo Decreto, os órgãos municipais têm 30 dias para se adequarem ao novo sistema de troca de correspondência.

“Esse sistema vem trazer mais agilidade e facilitar a comunicação entre as secretarias, além de promover uma grande economia em insumos, como papel e tinta de impressora”, argumenta a chefe da Coordenadoria de Tecnologia de Informação da Sempla, Carolina Barbosa. Segundo ela, a adoção do sistema de correspondência eletrônica partiu de uma orientação do Conselho Municipal de Desenvolvimento, considerando ” os princípios da celeridade, economicidade e da eficiência administrativa”.

Considerando os avanços tecnológicos, que possibilitam melhorias na gestão das correspondências oficiais, Carolina Barbosa diz que uma luta a ser travada é a do uso do papel, “uma cultura que precisa ser vencida”. Ela ressalta que nos 30 dias do projeto piloto mais de 500 documentos transitaram pelo sistema, sem papel e com tempo médio de três dias, quando antes era de cinco. Os resultados foram apresentados em reunião com todos os coordenadores de TI dos órgãos municipais.

Segundo o Decreto municipal, o sistema de correspondência eletrônica deve ser utilizado na modalidade “Ofício” para as comunicações externas e na modalidade “Memorando” para as comunicações internas. Cada órgão deve gerenciar o cadastramento de seus usuários e a implantação do sistema, cabendo a SEMPLA a gestão e manutenção do sistema. Ficam fora da nova modalidade de correspondência, “ as comunicações despachadas em processos administrativos”. O Decreto prevê, ainda, que a comunicação ” deve atender às formalidades hierárquicas, não sendo permitidas as comunicações diretas entre departamentos ou setores de um órgão com outro órgão ou seus departamentos e setores”.

Via Agora RN.

Aluno do IMD recebe medalha em Olimpíada de Informática

O aluno do Talento Metrópole e do Bacharelado em Tecnologia da Informação (BTI) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Victor Agnez, foi classificado em primeiro lugar geral na Olimpíada Iberoamericana de Informática, cuja medalha de ouro foi entregue durante a cerimônia da Olimpíada Internacional de Informática, ocorrida em Kazan, na Russia, no mês de agosto. A medalha foi entregue à delegação brasileira presente ao evento.

Instituto Metrópole Digital
Instituto Metrópole Digital

Victor já tinha sido medalha de prata na Olimpíada Brasileira de Informática, realizada em 2015, tendo sido selecionado para participar da Olimpíada Internacional, e habilitado para participar da Olimpíada Iberoamericana, ocorrida em 22 de julho de 2016. Sem condições de participar do evento, ele competiu com mais cem estudantes, classificando-se em primeiro lugar e levando uma das quatro medalhas de ouro.

Essas participações e prêmios são muito importantes, ressalta Victor, porque estimulam o estudo e ajudam a desenvolver o raciocínio lógico. “E também contam muito a favor na empregabilidade do profissional”, acredita. A próxima meta é estudar para a Maratona de Programação e, quem sabe, se classificar para a fase mundial, que acontece em 2017. Para conseguir esta nova conquista Victor está trabalhando juntamente com os estudantes Hélio Duarte (BTI/IMD) e Railton Thales ( Engenharia da Computação/UFRN).

Veja a lista completa dos participantes da Olimpíada Iberoamericana de Informática no link.

Biometria nos serviços federais começa pela Saúde

O Ministério da Saúde será o primeiro órgão da administração pública federal a utilizar os serviços de biometria proposto pelo governo federal para todos os programas sociais. Com isso, os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) poderão ser identificados pela digital. A política, construída a partir de uma parceria com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), irá proporcionar maior segurança no registro e acesso de informações dos cidadãos, além de contribuir para evitar fraudes.

Biometria
Biometria

O projeto piloto para o novo modelo de identificação deve começar em serviços ofertados pela atenção básica já a partir do próximo ano. O acordo foi fechado, nesta terça-feira (16), em reunião entre o ministro da Saúde, Ricardo Barros, e o secretário de Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Marcelo Pagotti.

Para o ministro da Saúde, Ricardo Barros, este será um importante passo para o aperfeiçoamento dos sistemas em saúde. “Estamos fazendo um esforço enorme para acelerar a informatização no SUS, que é uma prioridade na minha gestão. Estamos conseguindo a adesão de muitos parceiros e não tenho dúvidas de que irá melhorar os serviços de saúde”, avaliou.

Ainda segundo o ministro, a biometria irá permitir a disponibilização segura do prontuário eletrônico do paciente, já iniciado a partir do Cartão SUS – identidade do cidadão no acesso aos serviços de saúde público e privados.

O secretário de Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Marcelo Pagotti, parabenizou o pioneirismo. “O Ministério da Saúde saiu na frente na implementação da biometria para simplificar o atendimento aos brasileiros. Os dados do TSE serão utilizados para garantir a plena identificação dos cidadãos e a segurança de seus dados. A Secretaria de Tecnologia da Informação dará total apoio na implementação deste projeto, que revolucionará os serviços públicos”, disse.

O uso da biometria para identificar cidadãos nos bancos de dados ou em serviços públicos faz parte de uma política de governo para aperfeiçoar os programas sociais a partir de uma parceria com o TSE para utilização da base biométrica.

Via Convergência Digital.

Cuidado! Promoções “mirabolantes” para acesso à Netflix são golpes para roubar seus dados

Existe uma expressão popular, mais comum entre os falantes da língua inglesa, mas que já foi utilizada por autoridades brasileiras (como o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad) que diz que “não existe almoço grátis”. E é verdade, apesar da pirataria. E a frase é muito mais verdadeira em relação à Netflix. Não existe acesso ao serviço de streaming grátis, alguém sempre vai ter que pagar. Mesmo assim, existem sites e tutoriais na internet que prometem acesso gratuito ao serviço de streaming ou descontos na mensalidade. É tudo golpe.

Netflix Grátis é Golpe
Netflix Grátis é Golpe

Informações da Kaspersky Lab dizem que cibercriminosos estão se aproveitando pela alta demanda pelos serviços da Netflix para aplicar golpes e roubar informações pessoais e financeiras. O malware chega ao usuário por meio de um email que oferece seis meses grátis na Netflix ou no canal a cabo Telecine. Ao clicar no link, o usuário chega a uma página falsa onde preenche os dados pessoais e do cartão de crédito para liberar a promoção. Mas não recebe nada, além de cobranças indevidas em seu cartão.

Com tanto conteúdo bacana no catálogo, é possível compreender que muita gente queira ofertas e acessos mais baratos para o serviço de streaming. A Netflix oferece apenas um mês de gratuidade no acesso ao sistema. E, para isto, o usuário deve fazer a inscrição pela primeira vez, e após 30 dias não terá mais direito àpromoção. O mesmo vale para diversos outros serviços de streaming, como Spotify, Apple Music ou Google Play Music (que oferece três meses).

Outro golpe aplicado pelos cibercriminosos oferece acesso à Netflix por valores mais baixos. Porém, tratam-se de credenciais roubadas de outros usuários, que pagam pelo serviço e não sabem que há outros se aproveitando de sua inscrição para também assistir ao catálogo. Os cibercriminosos embolsam o dinheiro pago pelos usuários enquanto os verdadeiros donos da conta correm o risco de perder o acesso.

Netflix

Para garantir a segurança de sua conta na Netflix, a Kaspersky recomenda sempre utilizar senhas fortes e únicas para cada serviço. “Uma senha forte deve contar letras, números e símbolos. Mais importante, não use essa senha em nenhum outro lugar”, diz a empresa. Outra recomendação é observar sempre se a página que está acessando possui o cadeado de segurança, que confirma se tratar de um website seguro. Também é possível cadastrar o número de telefone na conta da Netflix para recuperação em caso de necessidade. “De fato, esse é atualmente o único recurso de segurança oferecido pelo Netflix aos clientes e é altamente recomendável ativá-lo”, aponta a empresa de segurança.

Por fim, a Kaspersky alerta para que o usuários “não acredite em promoções mirabolantes”. A empresa avisa que cibercriminosos se aproveitam da vontade do brasileiro em ganhar vantagem. “A mensagem sempre trará um link para uma página falsa, que solicitará seu login e/ou número de cartão. Na dúvida é melhor não informar nada e excluir a mensagem”. Além do mais, a Kaspersky alerta que comprar logins roubados ou buscar geradores de logins para tentar usar o serviço gratuitamente pode custar suas informações pessoais e financeiras”, pois programas e sites deste tipo costumam ser falsos e roubam dados ou infectam o computador. “Não seja espertinho, o barato pode sair caro”, finaliza.

Fonte: Jornal Floripa.

Importância de sistemas de gestão online

Veja como é importante o uso de sistemas de gestão online

A internet hoje conta com muitos acessos, isso é fato. Visto que cada vez mais, empresas como a WEBSIGN vem criando idéias de como tornar a internet cada vez mais produtiva para empresas, fazendo com que agilize seus processos internos.

Por isso, para cada vez mais aumentar a produtividade da empresa ou negócio com uso dessa ferramenta extremamente útil hoje em dia, foi que a WEBSIGN criou seus SISTEMAS DE GESTÃO ONLINE. Sistemas de gestão online, antigamente e até hoje ainda se usam softwares desenvolvidos para serem instalados em PCs, como instalamos reprodutores de vídeos, etc. Isso faz com o que o programa (software) se limite restringindo uso somente no PC que o usuário instalou, impossibilitando do mesmo controlar seus processos em outro lugar ou até mesmo o PC venha a ser quebrado o usuário perderá todas as suas informações caso não tenha feito Backup.

Vendo esse problema, que a WEBSIGN criou um sistema sendo que o diferencial dele é que é rodado Online, ou seja, como um site na internet.

A partir desde aspecto, vemos que não seria viável a criação de um sistema universal, com muitos módulos onde o usuário teria dificuldades. Então, para que o usuário não gaste muito com módulos desnecessários, criamos:

Com isso, cada negócio criamos seu respectivo sistema gerando menos custos com desenvolvimento de ferramentas e frameworks.

Gostaria de um orçamento? Entre em contato conosco acessando nosso site e comprove como nossos preços são realmente baixos.